Comentários sobre a E3

Aqui comentarei sobre a E3 do meu ponto de vista, com toda a parcialidade que carrego dos meus anos como gamer.

Microsoft

A Microsoft falou de uma coisa: Kinect. O resto de seu tempo foi gasto com apresentações de jogos que todos que não vivem debaixo de uma rocha bem grande já sabiam que existiam. Fable 3, Gears of War 3, Halo: Reach e me desculpe se não falei de algum.

Quanto ao Kinect: O Kinect foi criado para atrair os jogadores que se interessam com o Wii para o Xbox pelo simples motivo de não ter controle. Na minha modesta opinião a ideia de não ter controles é fantástica. Agora cabe ao marketing da Microsoft (que consegue vender Windows para todo o mundo) divulgar a tecnologia e convencer quem não tem um Wii ainda (eu e mais uns 3 caras espalhados pelo ocidente). Espero que em um futuro não muito distante tenhamos jogos "hardcore" que usem o Kinect (Fable 3? Ajude-me!), porque se não existirem a Kinect não terá adoção dentre os hardcores, e eu tenho uma visão de que jogadores casuais ainda vão perguntar aos hardcores o quê comprar, e é nosso dever informá-los de acordo com suas necessidades. A melhor publicidade de cada console é o próprio público que o defende, e a Microsoft precisa de seus fanboys para apoia-la nessa. Com isso dito vamos a próxima conferência.

Nintendo

A conferência foi um grande elástico. Explicarei: Com o 3DS ela deu um salto para o "futuro" dos games portáteis. Particularmente usar um óculos não me incomoda (desde que os óculos 3D tenham lentes bem grossas para corrigir minha hipermetropia). Alem do mais até hoje não fui em NENHUM filme 3D, e minha vida não é inferior a de outras pessoas (Nota: Não sou um "graphics whore"). A "volta" do elástico é a ressureição de jogos como Golden Sun e Donkey Kong Country. Quanto a biblioteca de games em si não surgiu nenhuma franquia que me agradasse. Apenas mais do mesmo.

Sony

Sinceramente. Dormi durante a conferência da Sony. E não me entenda mal, não dormi por culpa dela, apenas comecei a dormir antes dela a continuei até o meio, mas vi tudo que acredito que me interessava: Portal 2. É, eu sei que ele sairá pra PC provavelmente muito melhor que nos consoles, e o jogo parece muito bom, mas a liberdade que a Sony oferece aos seus desenvolvedores é no mínimo gratificante. Meu lado designer adora ver coisas do tipo Little Big Planet 2 (uma versão pra PC com um numero muito menor de recursos é o Kodu Game Labs) mas também acredito que jogos devem ser criados em C++ (apesar de nunca ter criado um jogo em C++, este é meu grande sonho).

Para saber mais sobre as conferências olhem os tweets do @_rafaelcosta ou @nuclearcores onde cobrimos ao vivo a maior parte, ou todas as conferências.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Nuclear Core Studios © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour. Customizado por Bruna Lanzillotta.