Ficção Científica para principiantes Parte 2!

Com o grande número de sugestões vindas do outro post vou continuar minha saga para esclarecer as mentes sem a grande iluminação da ficção científica.

Buraco Negro e Buracos de Minhoca: Buracos negros são basicamente uma grande quantidade de massa que não gera energia suficiente para manter um volume de uma estrela. Quando estrelas com tamanho 10 vezes mais pesada que o Sol morrem elas viram buracos negros. Então não chamem aquele gordinho de buraco negro. Se ele é tão gordo você tem sérios problemas.
Uma das teorias mais tentadoras dos buracos negros é que existe a possibilidade de que dois deles se juntem, através de um túnel que liga os dois pontos do espaço onde eles estão, criando um buraco de minhoca (não me pergunte, não criei o nome) que nossas naves poderiam utilizar para realizar viagens entre estrelas. Existe também a possibilidade de viajar no tempo, já que tempo e espaço estão interligados. Se bem que ir de um buraco negro a outro não me parece tentador, afinal de contas a chance de uma nave sobreviver a estes é mínima. Vai por mim. Já estive lá.

Teletranspote: Ah... os teletransportes... Capacidade de mover uma pessoa de um lugar ao outro do universo em alguns segundos. Alguns efeitos colaterais incluem, mas não estão limitados a: enjoo, desmembramento, morte instantânea, mistura com DNA de outra espécie que estava envolvida no processo, e uma eventuais espinhas no rosto.

Sono criogênico: Supondo que não consigamos inventar um motor capaz de nos levar mais rápido que a velocidade da luz. Viagens espaciais seriam extremamente tediosas (minha biblioteca de jogos não iria durar tanto tempo assim). Para evitar danos psicológicos permanentes, provocando motim generalizado, ou envelhecimento generalisado da tripulação devido o tempo absurdo da viagem, surgiu a idéia de deixá-la dormindo em um lugar muito frio para que ela não envelhecesse tão rápido ou ficasse pensando em quantos parafusos existem no quarto deles, os separando do espaço vazio, frio e mortal. É impressão minha ou as paredes começaram a diminuir e ficar cada vez mais próximas?

Plasma Gun e derivados: Você já se queimou com vapor de água, certo? Todo mundo já fez isso. Dói bastante, não? Agora imagina vapor aquecido a uma temperatura muito mais alta, capaz de derreter uma pessoa. É isso que é o plasma. Um gas tão quente que não é considerado mais gás. Propósitos bélicos interessantes. Imagine uma escopeta cartucheira que dispara plama ao invés daqueles chumbinhos sem vergonha. É possível derreter aço com uma dessas! Nota: se alguem criar uma por favor me dê uma de presente. Afinal de contas eu fui sua inspiração com meus textos altamente esclarecedores.

2 comentários:

  1. Rafael Costa disse...:

    "(...)Se bem que ir de um buraco negro a outro não me parece tentador, afinal de contas a chance de uma nave sobreviver a estes é mínima. Vai por mim. Já estive lá."

    Hmmm... Isso explica MUITA coisa.

  1. Um poderíamos pensar em um post sobre: "Conceitos de Fantasia Medival para iniciantes". Seria bem instrutivo tambem.

Postar um comentário

 
Nuclear Core Studios © 2010 | Designed by Trucks, in collaboration with MW3, Broadway Tickets, and Distubed Tour. Customizado por Bruna Lanzillotta.